Lembre-se sempre de que o MeuCálendariodeVacinas é uma ferramenta informativa e não substitui o aconselhamento do seu médico. Consulte sempre seu médico antes de tomar decisões relacionadas à saúde.

Dengue

A vacina da dengue ajuda a proteger contra a dengue em pessoas que já tiveram a doença comprovadamente; uma doença transmitida por mosquitos infectados com o vírus da dengue.

Calendário de vacinação recomendado

*De acordo com a Sociedade Brasileira de Pediatria

Timeline diagram showing recommended doses for this vaccine

Saiba mais!

Converse com seu médico sobre a vacina da dengue.

${iconAlt}

Identifique possíveis falhas na proteção do seu filho

Crie um calendário personalizado para ver se o seu filho perdeu alguma vacina.*

Visualize o calendário personalizado do seu filho para ver se está faltando alguma vacina.*

*De acordo com a Sociedade Brasileira de Pediatria

Dengue

Você sabia...

A dengue é encontrada por toda região dos trópicos com fatores de risco influenciados pela precipitação de chuvas, temperatura, umidade, urbanização e qualidade de controle de mosquitos em áreas urbanas (2).

Você sabia...

A prevenção ou redução do vírus da dengue depende principalmente do controle de atividade de mosquitos ou do impedimento das picadas de mosquitos infectados em humanos (6)

  • A dengue é uma doença viral transmitida por mosquitos infectados com o vírus da dengue (1).

  • Os vírus são transmitidos aos seres humanos pela picada da fêmea do mosquito infectada, que contrai o vírus principalmente ao se alimentar com o sangue de uma pessoa infectada (1).

  • A dengue é encontrada por toda região dos trópicos com fatores de risco influenciados pela precipitação de chuvas, temperatura, umidade, urbanização e qualidade de controle de mosquitos em áreas urbanas (2). As taxas de infecção por dengue são maiores ao ar livre e durante o dia, quando os mosquitos infectados picam com mais frequência (3). No entanto, os mosquitos infectados se reproduzem em ambientes internos e podem picar qualquer pessoa durante todo o dia (3).

  • Uma pessoa infectada pelo vírus de dengue desenvolve sintomas semelhantes aos da gripe grave que normalmente duram de 2 a 7 dias (4). Os principais sintomas de dengue são febre alta acompanhada por dois dos seguintes sintomas (4): 

    • dor de cabeça intensa 
    • dor atrás dos olhos 
    • náusea, vômito 
    • edema de glândulas 
    • dores musculares e de articulações 
    • erupções cutâneas

    A dengue grave é uma complicação potencialmente mortal devido a perda de fluido dos vasos sanguíneos (4). Isso pode provocar a insuficiência do sistema circulatório e choque (5). Observe os sinais de alerta quando a febre diminuir em 3 a 7 dias após o início dos sintomas e (4): 

    • dor abdominal grave 
    • vômito persistente 
    • respiração rápida 
    • sangramento das gengivas 
    • vômito com sangue 
    • fadiga, inquietação
  • A prevenção ou redução do vírus da dengue depende principalmente do controle de atividade de mosquitos ou do impedimento das picadas de mosquitos infectados em humanos (6). Por exemplo, a eliminação de locais onde os mosquitos podem se reproduzir pelo descarte adequado de resíduos sólidos e melhores práticas de armazenamento de água, matar mosquitos adultos e larvas com inseticidas e usar roupas/repelentes para minimizar a exposição da pele durante o dia pode ajudar a evitar infecções e a disseminação do vírus (6,7).

    Existe o registro de uma vacina contra a dengue para uso em países específicos (8), mas a vacina só deve ser feita em pessoas que já tiveram comprovadamente a doença (9).

Converse com seu médico

Marque uma consulta com seu médico hoje para conversar sobre como vacinar seu filho contra dengue.

Identifique possíveis falhas na proteção do seu filho

Crie um calendário personalizado para ver se o seu filho perdeu alguma vacina.*

Visualize o calendário personalizado do seu filho para ver se está faltando alguma vacina.*

*De acordo com a Sociedade Brasileira de Pediatria

1. WORLD HEALTH ORGANIZATION. Dengue Control: what is dengue? 2017. Disponível em: <https://www.who.int/denguecontrol/disease/en/>. Acesso em: 25 abr. 2019.

2. WORLD HEALTH ORGANIZATION. Dengue Control - Epidemiology. Disponível em: <https://www.who.int/denguecontrol/epidemiology/en/>. Acesso em: 25 abr. 2019.

3. WORLD HEALTH ORGANIZATION. Dengue control: the mosquito. 2017. Disponível em: <https://www.who.int/denguecontrol/mosquito/en/>. Acesso em: 25 abr. 2019.

4. WORLD HEALTH ORGANIZATION. Dengue control: the human. 2017. Disponível em: <https://www.who.int/denguecontrol/human/en/>. Acesso em: 25 abr. 2019.

5. CENTERS FOR DISEASE CONTROL AND PREVENTION. Symptoms and what to do if you think you have dengue. 2019. Disponível em: <https://www.cdc.gov/dengue/symptoms/index.html>. Acesso em: 25 abr. 2019.

6. WORLD HEALTH ORGANIZATION. Dengue control: control strategies. 2017. Disponível em: <https://www.who.int/denguecontrol/control_strategies/en/>. Acesso em: 25 abr. 2019.

7. WORLD HEALTH ORGANIZATION. Dengue control: environmental management. 2017. Disponível em: <https://www.who.int/denguecontrol/control_strategies/environmental_management/en/>. Acesso em: 25 abr. 2019.

8. WORLD HEALTH ORGANIZATION. Immunization, Vaccines and Biologicals - Dengue. Disponível em: <https://www.who.int/immunization/diseases/dengue/en/>. Acesso em: 25 abr. 2019.

9. SOCIEDADE BRASILEIRA DE IMUNIZAÇÕES. Calendário vacinal SBIm 2018/2019: do nascimento à terceira idade (atualizado em 19/09/2018). Disponível em: <https://sbim.org.br/images/calendarios/calend-sbim-0-100.pdf>. Acesso em: 07 maio 2019.